segunda-feira, 16 de maio de 2022

Manhã na Biblioteca

A turma de 1º ano SM1 da EB1 do Sete e Meio passou a manhã na biblioteca em atividades de promoção do livro e da leitura. 😀


Primeiro, os alunos exploraram o espaço e foi-lhes explicado o que podem fazer na biblioteca. 👍 De seguida, foi feita a leitura e exploração do livro A Montanha de livros mais alta do mundo, de Rocio Bonilla, que nos conta a história de um menino que está convencido que nasceu para voar! E este menino, Lucas, tudo faz para conseguir voar, contudo, para sua tristeza, nada funciona… Até que um dia, a mãe lhe explica que há outras maneiras de realizar o seu sonho e lhe coloca um livro nas mãos. Nesse mesmo dia, sem perceber, Lucas começou a voar...😉

Falámos sobre a importância dos livros  e de como estes nos podem "levar" mais alto.

Depois desta história simples que leva as crianças a pensarem na importância da leitura e de usar a imaginação, houve tempo para leituras individuais. Para implementar esta atividade de leitura presencial, a equipa da biblioteca preparou um conjunto de livros que disponibilizou aos alunos.

Todos a ler.😍


Livros para todos.👌

Por último, estes alunos e alunas apresentaram à turma de 1º ano BB1 o trabalho que tinham desenvolvido a partir da leitura orientada, feita em sala de aula, da história de Pedro Reizinho, O Meu Livro.

Alunas da turma BB1 muito atentos à apresentação dos seus colegas da turma SM1.😀

Muito bem!💪

Disponível na biblioteca escolar.😀

Disponível na biblioteca escolar.😀



sexta-feira, 13 de maio de 2022

Destaques na BE




Poesia-me de Álvaro Magalhães

Recomendado para o 6º ano de escolaridade e destinado a leitura orientada na sala de aula, Poesia-me, da autoria de Álvaro Magalhães, é um livro de poemas para leitores de todas as idades.

O que pede o livro de poemas ao leitor?
 “Abre-me e lê-me.
Devagar e também furiosamente.
Como quem ama.
Em troca, poesio-te.”

E o que pede o leitor ao livro de poemas?
“Oh, sim, poesia-me
enquanto é tempo e o tempo não vem.
Dá-me um grão de um grão de vento, um arco de ouro, um astro mudo, todas as palavras que uma palavra tem e poesia-me até ao fim do tempo, de tudo. Depois, também!”

O alfabeto dos bichos de José Jorge Letria 

 José Jorge Letria, autor distinguido com importantes prémios literários nacionais e internacionais, apresenta nesta obra um conjunto de rimas divertidas para dar a conhecer aos mais novos animais de diferentes espécies. 

As Naus de Verde Pinho de Manuel Alegre

Prémio de Literatura Infantil António Botto.

Manuel Alegre apresenta aos mais novos um interessante poema sobre os descobrimentos onde narra a magnífica aventura de  um extraordinário Capitão que levou no coração o país a navegar. 


Palavras bonitas sobre contas de Valter Hugo Mãe 


Valter Hugo Mãe, um dos mais destacados autores portugueses da atualidade, nesta maravilhosa obra, destinada aos mais novos, narra a história de dois amigos muito atentos e observadores que se unem num propósito comum: salvar o mundo.

 “Ela quer salvar o mundo através das contas, eu quero salvar o mundo com as palavras. A nossa maior diferença, como se pode reparar, não vem de ela ser menina e de eu ser menino, vem das ideias."



Os dois corvos de Aldous Huxley 

                     Livro recomendado para Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta.

 Assim que a senhora Corvo sai para fazer as compras do dia, os seus ovinhos são devorados por uma cobra gulosa. Descobre artimanha que o Senhor Corvo e o seu amigo Mocho Velho inventaram para recuperar os ovinhos.

O que aconteceu à minha irmã? de Simona Ciraolo 

Esta é a história  de uma menina que, muito intrigada com o comportamento da irmã adolescente, tenta desvendar a todo o custo este grande mistério. Identidades trocadas é a única explicação que a pequena narradora desta narrativa encontra para o facto de a sua irmã ter ficado de repente tão estranha.  

Rafaela de Margarida Fonseca Santos
                 Livro recomendado para o 4º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Nesta aventura, com bonitas ilustrações de Inês do Carmo, Margarida Fonseca Santos apresenta-nos a Rafaela, uma menina invulgar, sonhadora e criativa, com uma imaginação tão poderosa que muitas vezes não é compreendida pelos outros. Em algumas situações, por exemplo na escola, os colegas e a professora não lhe dão ouvidos, tal como os seus pais, o que deixa Rafaela um pouco triste e sozinha. Nessas alturas, a menina esconde os seus próprios pensamentos, com receio de ser mal interpretada. Mas o que ninguém esperava é que graças à imaginação de Rafaela todos seriam salvos de uma situação absolutamente assustadora. Queres saber qual? Então procura este livro na biblioteca e mergulha nesta emocionante aventura e diverte-te!

Estranhóides de Eva Montanari

                     Livro recomendado para Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta.

Qual a melhor maneira de fazer amigos quando se muda para um prédio novo? Espreitar os seus moradores pelo buraco da fechadura é o que nos desafia a descobrir o pequeno protagonista desta história, a quem os outros moradores do prédio parecem criaturas muito bizarras: há a menina dos muitos pares de óculos e a dos olhos de lua, o Bocacosida, a D. Chaleira... E, vistos através da fechadura, os seus hábitos são verdadeiramente estranhos… Até que um dia ele decide conhecê-los melhor…

Segredos de António Mota
                   Livro recomendado para o 1º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

O que faz a D. Florinda sair de casa? E o que traz o Eduardo na sua pasta? E porque enche o tio João tantos balões no terraço?
Quem gosta de segredos tem neste livro dez pequenas histórias que António Mota que farão as delícias até dos menos curiosos!

                                                    O Tigre que veio para o chá de Judith Kerr 

Recomendado pelo PNL, "O tigre que veio tomar chá" é uma excelente história tanto para ser lida em voz alta, como para leitura autónoma.
Sofia e a sua mãe preparam-se para tomar o chá das cinco, mas o lanche é interrompido quando alguém toca à campainha… Quem será?
Ao abrir a porta, deparam-se com uma visita inesperada: um grande tigre cor de laranja e atrevido. 

Não fiz os trabalhos de casa porque… De Davide Cali e Benjamin Chaud 

Nesta empolgante narrativa, destinada ao 2º ciclo, Benjamin Chaud e Davide Cali conseguem transformar um momento que é geralmente dominado pela tensão, numa ocasião de puro divertimento! É impossível fazer os trabalhos de casa quando um avião de macacos aterra à nossa porta. Além disso, os elfos esconderam todos os lápis..

A sereia e os gigantes de Catarina Sobral

 Nesta obra, Catarina Sobral, inspirada pela antiga lenda da Praia da Rocha, conta a história de dois gigantes – o Mar e a Montanha – que durante séculos de convivência nunca se haviam zangado. Porém, no dia em que uma Sereia chega sem aviso, o mar e a Montanha moveram céus e terra um contra o outro na esperança de conquistar o amor da bela Sereia.

Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura

O prédio onde a protagonista desta história mora tem sete andares e  em cada andar há uma porta um bocadinho diferente…
Enquanto sobe as escadas para chegar a casa, esta menina curiosa observa os pormenores, sente os cheiros e ouve os sons de cada andar.


Estes e outros livros estão à tua espera na Biblioteca Escolar.

quinta-feira, 12 de maio de 2022

Para sermos grandes amigos… não temos de gostar das mesmas coisas!

 No "Quartas com História”, lemos a história de um pato que não é como os outros patos. Não senhor! Este pato não gosta nada, mesmo nada de água.😂

Numa noite chuvosa, o Pato dá de caras com um visitante inesperado: um sapo que está perdido e adora água. Será que estes dois se vão entender? 😏


Os meninos e meninas da sala da educadora Almerinda, do JI dos Bombeiros, ficaram encantados com O Pato que não gostava de água, uma história da autoria de Steven Small. 


Uma história bem-disposta, com ilustrações muito catitas,  que é, simultaneamente, um elogio ao respeito pelo outro e à aceitação da diferença. Uma história que nos sensibiliza para algo muito importante:  para sermos bons amigos ... não temos de gostar das mesmas coisas.😀

Como sempre muito atentos!😍

Depois, foi altura de pintar estes amigos improváveis: o pato, que fugia da água a sete pés, e sapo, o fã incondicional de água.😉



Disponível na Biblioteca Escolar😀

quarta-feira, 11 de maio de 2022

As abelhinhas à descoberta de Saramago

 

O mês de maio iniciou na sala das abelhinhas com a descoberta do escritor português José Saramago.

Ficámos a saber que Saramago escrevia muitos livros para os crescidos, mas que um dia resolveu escrever uma para as crianças.

Essa história tem como título “A Maior Flor do Mundo” e conta-nos a aventura de um menino que resolve descobrir o mundo para lá da sua aldeia e encontra uma Flor.

 Gostámos muito de conhecer este autor. E aqui fica o nosso registo. 

Beijinhos das abelhinhas




Espetacular, abelhinhas.😍
Obrigada pela partilha, educadora Carla.

Disponível na Biblioteca Escolar.









terça-feira, 10 de maio de 2022

Concurso de Marcadores de Livros

 

Durante o presente ano escolar, a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento em articulação com a CPCJ de Moura, levou a cabo um concurso dirigido aos alunos de 5º Ano.

Tratou-se de um Concurso de Marcadores de Livros, integrado nas atividades de exploração do Domínio 1 - «Direitos Humanos», com especial relevo nos «Direitos da Criança».

Assim, todas as alunas e alunos deste ano de escolaridade puderam criar um marcador original, aplicando os conhecimentos adquiridos durante as aulas de Cidadania, desenvolvendo a sua criatividade e imaginação.

Concluídos os trabalhos, chegou o momento tanto esperado: a divulgação dos marcadores vencedores e, claro, o nome dos seus autores.

Foram, então, selecionados pelo júri do concurso, dois marcadores para o 1º Lugar, dois para o 2º Lugar e outros dois para o 3º Lugar, de acordo com a posição que vos damos a conhecer:

1º Lugar:

Joana Vitorino (5º A) e Rita Paisana (5º F)👏


2º Lugar:

 Maria Rico (5º A) e Rodrigo Rosado (5º E)👏

3º Lugar:

Clara Mestre (5º B) e Santiago Grilo (5º E)👏

Muito bem! 👏Parabéns a todos os envolvidos.👌


segunda-feira, 9 de maio de 2022

Livros que viajam por aí...

Na passada sexta-feira, mais um dos livros da nossa biblioteca foi “viajar” até uma sala de jardim de infância…e entrou na sala 1 do JI do Fojo! A história quero Quero uma mãe-robô, de Davide Cali, prendeu a atenção de todas as crianças que a escutaram atentas e curiosas, pois o título da mesma era bastante sugestivo. 😉


Ora bem, todos sabemos que uma mãe verdadeira nem sempre tem muito tempo para estar com os filhos… Uma mãe-robô, pelo contrário, além de ter muito tempo, faz todas as tuas vontades. E, acima de tudo, NUNCA ralha… e se o fizer, podes sempre desligá-la! 😏

Mas será que uma mãe-robô cheira bem e dá colo como uma mãe verdadeira? 😍


Após a exploração da história, cada criança teve a oportunidade de fazer a sua própria ilustração, desenhando uma “mãe verdadeira” e uma “mãe-robô” …acho que não preciso de vos contar qual foi a preferida de todos, pois não? 😍

😍



👏👏👏


Disponível na vossa Biblioteca preferida 😁


sexta-feira, 6 de maio de 2022

"Dar à Língua..."

Ontem dia 5 de maio, Dia Mundial da Língua portuguesa, as turmas SM1 da EB do Sete e Meio, FJ 3/4 da EB do Fojo e PN4 da EB da Porta Nova assistiram à videoconferência “Dar à Língua…”, uma parceria das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel (AERSI) com escolas de países lusófonos:  Escola Bambino, de São Tomé e Príncipe; Pequenos Príncipes, de Angola; Escola Portuguesa de Moçambique e Escola Portuguesa de Díli.


As turmas do nosso Agrupamento assistiram a leituras de histórias e de poemas e ainda a vídeos e apresentações levadas a cabo por alunos e alunas do AERSI e das escolas que, em parceria, dinamizaram esta atividade.👌


Foi uma experiência muito gira que despertou muita curiosidade nos nossos alunos. 😍 

A professora Ana Santos partilhou connosco que os meninos e meninas da turma de 1º ano SM1 gostaram imenso de assistir e que quiseram muito saber onde se localizavam as escolas envolvidas na dinamização da atividade pelo que, no período da tarde, “partiram à descoberta.”😉

"Dar à Língua..."

Celebrar o Dia Mundial da Língua Portuguesa e afirmar a língua portuguesa como plataforma global de entendimento e partilha entre alunos/ escolas de diversas regiões e culturas.

#Latitudes de Leitura